Trabalhar na França: documentos, salários e vagas

Trabalhar no exterior pode ser mais simples do que você pensa, a França tem sido um dos focos para brasileiros e estrangeiros que sentem essa vontade. Trabalhar na França é uma espécie de sonho para muitos, principalmente brasileiros, veja como.  

O que é preciso para trabalhar na França?

Ter experiência internacional, ainda mais quando se trata de sua carreira, é o sonho de consumo de muitos profissionais. Porém, muitos desses acham que este sonho está longe de acontecer. Não sabem ao certo por onde começar e quais os principais passos tomar.

Em primeiro lugar, devemos nos preocupar com a ida ao país e como encontrar as vagas de emprego. As vagas de emprego por sua vez, devem ser pesquisadas com bastante cuidado. Assim também, os países europeus tem diversas empresas interessadas e à procura de profissionais capacitados. Então. veja mais sobre como trabalhar na França, legalmente e o visto.

Visto

O primeiro passo é se informar sobre a documentação que precisamos para nos estabelecer no país legalmente, pois, entrar em um país como imigrante ilegal, não é apropriado. Para trabalhar na França é necessária uma autorização de trabalho, além do visto. Veja as categorias de vistos abaixo.

Conheça as categorias de vistos

Visto de trabalho:

É preciso ter um emprego antes e só depois solicitar esse visto. Assim que tiver uma proposta de emprego na França, você deve solicitar o visto de trabalho. No entanto, é preciso também um convite de trabalho ou do contrato de trabalho em que a empresa conste seus dados. Nesse documento precisa ter nome da empresa, cargo que ocupará salário e carga horária;

Visto de estudante:

Este visto é concedido para os estudantes, mas você terá que arrumar um trabalho França de período parcial.

Visto de casamento:

O visto é concedido quando o imigrante é casado com um cônjuge europeu, neste caso Frances. Assim, você pode procurar emprego já morando no país, com calma, estando já com residência na França;

Visto Férias & Trabalho:

Este visto é novo, entrou em vigor em 1º de março de 2018, contudo, permite ir a França sem emprego e que procure quando já estiver lá.

  • Nacionalidade: para as pessoas que podem, basta fazer da seguinte maneira: ter em mãos os documentos como: o Titre de Séjour (identidade), o número de segurança social (sécurité sociale) e a Carte Vitale.

Veja os demais visto para França aqui, além disso, há mais opção para e alguns precisa de validar diploma na França para que sua formação seja reconhecida.

Os documentos necessários para o visto

  • Formulário do consulado;
  • 2 fotos 4×5;
  • Passaporte;
  • Comprovante de residência;
  • Documento RG;
  • É importante ter conhecimento da língua francesa, mas não obrigatório;
  • Comprovantes financeiros;
  • Seguro de saúde;
  • Certificado médico atestando boa saúde;
  • Antecedentes criminais;

Custo do Visto

Assim que fizer a solicitação, o visto ficará pronto em 15 dias úteis, faça o pedido antecipado, em temporadas de férias principalmente.

Leia também: Melhores sites para ganhar dinheiro em casa

Encontre emprego para trabalhar na França

Ademais, a procura por emprego deve ser uma das primeiras ações a serem tomadas, visto que, quando se decide ir para o exterior, morar, as intenções ficam mais serias do que apenas a viagem. Juntamente com os documentos necessários para sua estadia na França seja tranquila. Existem alguns sites de emprego em que você encontra diversas vagas, vaja alguns!

Sites de emprego na França

Pole Emploi  é uma  Agência Nacional de Emprego na França, muito popular e bastante importante para encontrar as vagas, a fim de ofertar diversas oportunidades. Através do site podemos encontrar todas elas, basta acessar o portal. Há oportunidades de empregos por toda França, cada adequada para cada perfil, confira!

Áreas com maiores quantidades de vagas emprego

  •  Engenharia,
  • TI, empregos ligados à arte,
  • Secretariado,
  • Restaurantes,
  • Garçons,
  • Cozinheiros

Devemos aproveitar, pois, em Paris teremos diversas oportunidade de trabalho, ao mesmo tempo a cidade irá sediar os Jogos Olímpicos de 2024, então aproveite os novas propostas de empregos que provavelmente serão  criados.

Confira as profissões com mais vagas para trabalhar na França

  • Cuidadores de idosos;
  • Assistante maternelle;
  • Sage-femme;
  • Construção civil;
  • Turismo;
  • Cozinheiro;
  • Setor de informática;
  • Garçom e Garçonete;
  • Setor de Limpeza;
  • Engenheiros.

Salário médio de alguns profissionais  na França

  • Engenharia: 41.159€;
  • Médico: 38.073€;
  • Construção Civil: 35.476€;
  • TI: 35.440€;
  • Contabilidade: 32.942€;
  • Hotelaria: 31.299€;
  • Transporte: 25.711€;

 Como é trabalhar na França?

O salário mínimo Frances está em torno de 1 498,47€. De acordo com o nível dos profissionais e os mais qualificadas ganha-se mais. A carga horária na França é de 35 horas semanais e as horas-extras são opcionais e pagas, um tanto diferente do Brasil. Mais um benefício para o empregado que ganha 50% do valor total do transporte público pago pelo empregador também.

Férias trabalhistas

As férias de trabalho na França é um tanto diferenciada, muitos empregadores utilizam 35 dias uteis de férias. Assim, os funcionários recebem um mês e meio de férias. Além disso, elas não diminuem os feriados e finais de semana.

Vale-Alimentação Frances

O vale-alimentação também é diferenciado, porém não é obrigatório. Além disso, algumas empresas já tem seu próprio tickets de alimentação, onde seus funcionários recebem um valor ou o vale. Outras empresas, possuem cantinas e restaurantes internos,o que facilita mais ainda para o trabalhador.

Ao passo que planejamento é tudo na vida, principalmente quando se pensa em morar em outro país. Entretanto, existem diversos passos a serem tomados, comece já! As vagas de emprego fora do Brasil, são muitas, mas devemos ser persistentes para o que desejamos.

Qualquer dúvida comente, dê sugestões e indiquem temas!

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Custo de vida na Espanha: Saiba tudo! - Dicas Valiosas BR

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*


%d blogueiros gostam disto: